Picos(PI), 21 de Julho de 2018
Cidades
Projeto Rondon vai contemplar mais de 10 municípios no Piauí
Irão participar do projeto estudantes e professores universitários, desenvolvendo ações em comunidades carentes
Em 16/05/2018 por Jesika Mayara
Tamanho da fonte - +

Acordo de Cooperação Projeto Rondon (Foto: Francisco Leal)

O governador Wellington Dias participou, nesta terça-feira (15), da solenidade de lançamento da Operação Parnaíba, desenvolvida pelo Projeto Rondon através do Ministério da Defesa. A operação Parnaíba iniciará em 2019 e contemplará mais de 10 municípios do estado uma parceria Governo do Estado do Piauí e Municípios, terá como centro regional a cidade de Teresina.

 A iniciativa será realizada pelo Ministério da Defesa/Coordenação-Geral do Projeto Rondon em parceria com o Governo do Estado do Piauí e com o apoio do 25º Batalhão de Caçadores do Exército Brasileiro e contará também com a participação de Instituições de Ensino Superior (IES) oriundas de diversos estados do país.

Para o governador Wellington Dias, o projeto traz um impacto grande aos munícipios alcançados, “Nós já temos no Piauí um trabalho conjunto articulado ao Ministério da Defesa. As Forças Armadas atuam aqui em situações como nas enchente, na segurança, seja no litoral, seja através das bases que o Exército tem, também na área da Construção Civil 1º e 3º BEC. No início, eu tive a oportunidade de dialogar e manifestar uma posição do Estado do Piauí favorável a implantação também no Piauí do Projeto Rondon e ali tivemos um grupo de trabalho que hoje nos permite celebrar essa parceria. Vamos ter agora a seleção tanto das Universidades como dos estudantes. Serão 14 munícipios. Professores e alunos se integram com as comunidades nas mais diferentes áreas e trazem um grande impacto direto à comunidade e sua população. Com certeza, teremos bons resultados para o Piauí” ,declarou.

Irão participar do projeto estudantes e professores universitários, em ações que contribuem para o desenvolvimento sustentável e ampliem o bem-estar de comunidades carentes. Cada município receberá por 12 dias dois grupos com 10 integrantes cada, sendo 2 professores e 8 alunos. As duas equipes trabalharão com oficinas de diferentes áreas do conhecimento divididas por:

Conjunto “A” – Cultura, Direitos Humanos e Justiça, Educação e Saúde e;

Conjunto “B” – Comunicação, Tecnologia e Produção, Meio Ambiente e Trabalho.

O coordenador geral do projeto Rondon Almirante Vitor Cardoso explicou o projeto e os seus benefícios para as cidades contempladas, “ É um prazer muito grande para nós do Ministério da Defesa estarmos aqui hoje em Teresina para fazer o lançamento desse maravilhoso projeto social. Estamos assinando junto com o Governo do Estado o acordo de cooperação que vai permitir acontecer a operação em Janeiro. O projeto Rondon tem a capacidade de integração social muito grande porque a gente traz estudantes universitários de diversas instituições de ensino e com isso a gente desenvolve ações sociais que permanecerão na comunidade. Então, ganha a comunidade que vai receber essas informações e poderá usufruir delas e ganha o universitário que passa a conhecer mais as cidades do seu estado e suas necessidades. Ele amplia sua visão de integração”, explicou.

Os munícipios confirmados para o projeto são: Boa Hora do Piauí, Boqueirão do Piauí, Cabeceiras do Piauí, Castelo do Piauí, Matias Olímpio, Morro do Chapéu, Nossa Senhora de Nazaré, Nossa Senhora dos Remédios, Porto e São Miguel do Tapuio. Pelo menos mais quatro munícipios serão confirmados.

O presidente da Associação Piauiense de Municípios, Gil Carlos, falou sobre a importância da ação para os municípios. “O governador Wellington Dias é um entusiasta do desenvolvimento regional que se dedica de maneira incansável a buscar alternativas para o desenvolvimento econômico, social e sustentável do Estado. O Projeto Rondon é uma dessas oportunidades que ele conseguiu trazer para o nosso Estado e nós reconhecemos a importância desse projeto para os nossos munícipios, pois através dele poderemos trazer mais cidadania e sustentabilidade a nossa região, à nossa população”, afirmou.

Projeto Rondon

Desenvolvido desde a década de 60 pelo Ministério da Defesa, em parceria com governos estaduais, municipais e Instituições de Ensino Superior (IES) públicas e privadas, o Projeto Rondon contribui para a formação do jovem universitário como cidadão e para o desenvolvimento sustentável nas comunidades carentes.

O estado do Piauí já recebeu o Projeto Rondon em 2008, com as Operações Grão-Pará e Inverno, em 2011 com a Operação Zabelê e em 2014 com a Operação Velho Monge. A Universidade Federal do Piauí já participou uma vez da Operação Centro-Norte/Goiás (municípios de Goiás) no ano de 2009.

Nestes 13 anos, o Projeto Rondon realizou 79 operações, em 1.174 municípios de 24 Estados, com 2.226 participações de Instituições de Ensino Superior (IES) e 22.082 rondonistas (universitários e professores), atingindo com suas ações multiplicadoras cerca de 2 milhões de pessoas.

CCOM PI

Facebook
Enquete

picos40graus.com.br - 2015 - 2018 - © - Todos os direitos reservados.
Av. Getúlio Vargas, 484 - Apto 202 - 2º Andar
Centro - Picos - Piauí - CEP: 64.600-002
Email: contato@picos40graus.com.br

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade do Picos 40 Graus.
Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria
e são de inteira responsabilidade de seus autores.