Picos(PI), 17 de Novembro de 2018
POLITICA EM PAUTA

Bolsonaro diz que Estado passará a servir ao povo, não o oposto destrutivo

Em: 04/11/2018
P40G-IMG-54e85e5b5cc8b891d7c.jpg
Bolsonaro cumprimenta apoiadores em frente à sua casa (Foto Tomaz Silva/Agência Brasil)
O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) publicou hoje (4) mais uma mensagem em que promete uma quebra de paradigmas em seu futuro governo, ao afirmar que o Estado passará a servir à população e não o destrutivo oposto. Na publicação em suas redes sociais, Bolsonaro lembra do baixíssimo custo de sua campanha presidencial, de R$ 2,4 milhões, em relação aos custos da campanha do segundo colocado, Fernando Haddad (PT), que custou mais de R$ 37 milhões. Além de destacar a independência de seu projeto, com apoio popular e sem uso da máquina pública, nem alianças com prefeitos ou governadores. “Gastamos cerca de 20 vezes menos que o segundo colocado, sem prefeitos, governadores ou máquinas. Todo o possível quadro foi mudado graças a conexão com o que almeja a população. Surge um novo momento, onde o Estado servirá à população e não o historicamente destrutivo oposto!?”, escreveu Jair Bolsonaro, no Facebook. Na manhã deste domingo, o presidente eleito deixou seu condomínio na Barra da Tijuca, sob escolta da PF, para assistir a um culto evangélico, na Igreja Batista Atitude, onde sua esposa Michelle Bolsonaro é tradutora de libras, no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio. Ontem, o presidente eleito visitou amigos e cortou o cabelo em Bento Ribeiro, bairro do subúrbio do Rio onde morou e iniciou sua trajetória política. Na terça (6), Bolsonaro deve fazer sua primeira viagem após sua eleição. Irá para Brasília (DF), participar dos primeiros encontros da transição com o governo de Michel Temer (MDB). Com informações do Diário do Poder
Facebook