Picos(PI), 17 de Janeiro de 2020

Matéria / Política

São Julião terá eleição indireta para prefeito

A decisão foi tomada após o TSE ter cassado, os mandatos de José Neci, ex-prefeito, e de Francimar Pereira, ex-vice-prefeito

06/07/2016 - Redação

Imprimir matéria
3cc889f18066a13cff092f6da0c7.jpg Um vereador da cidade será eleito pelos demais para exercer o cargo. (Foto: Reprodução)
3cc889f18066a13cff092f6da0c7.jpg Um vereador da cidade será eleito pelos demais para exercer o cargo. (Foto: Reprodução)

Com a decisão do TSE, os ex-representantes da Prefeitura, Zé Neci e Francimar Pereira, agora estão com seus direitos políticos cassados e inelegíveis por oito anos.feead

Após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ter cassado, na última sexta-feira (01), os mandatos de José Neci, ex-prefeito de São Julião eleito em 2012, e de Francimar Pereira, ex-vice-prefeito eleito na mesma chapa, o município passará agora por eleição indireta, respeitando a legislação da Câmara, já que uma eleição suplementar não faz sentido às vésperas do pleito para prefeito que acontecerá em três meses.

Um vereador da cidade será eleito pelos demais para exercer o cargo. O parlamentar eleito poderá, inclusive, disputar à reeleição, uma vez ocupando o cargo na Prefeitura. A data da eleição ainda será definida pela Câmara e deve acontecer em breve.

Francimar Pereira conseguiu a liberdade e deixou a penitenciária de Picos onde cumpria pena na mesma sexta-feira em que o TSE decidiu pela cassação dos mandatos. Um decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) anulou o julgamento do Piauí que mantinha Francimar Pereira preso como suspeito de encomendar a morte do ex-vereador de São Julião, Emídio Reis, em 2013.

Com a decisão do TSE, os ex-representantes da Prefeitura, Zé Neci e Francimar Pereira, agora estão com seus direitos políticos cassados e inelegíveis por oito anos.

Cidade Verde

Facebook