Picos(PI), 27 de Janeiro de 2021

Matéria / Cidades

Djalma Policarpo é empossado e ressalta vontade de trabalhar pelo povo de Monsenhor Hipólito

02/01/2021 - Jesika Mayara

Imprimir matéria
P40G-IMG-d78e9af96322a9109c.jpg Presidente da Câmara Municipal, Doracelma Policarpo; Djalma Policarpo e Cleydiana Bezerra seguram chaves da prefeitura municipal (Foto: Gelimar Moura)
P40G-IMG-d78e9af96322a9109c.jpg Presidente da Câmara Municipal, Doracelma Policarpo; Djalma Policarpo e Cleydiana Bezerra seguram chaves da prefeitura municipal (Foto: Gelimar Moura)

Foram empossados na noite desta sexta-feira, 01, o prefeito de Monsenhor Hipólito, Djalma Policarpo; a vice-prefeita, Cleydiana Bezerra (MDB); e os vereadores Fábio Bezerra, Doracelma Policarpo, Valtanha Rocha, Mário Micheliane, Ulisses Bezerra, Lino, Edson Moura, Clemilson, e Senhor Bento, eleitos no dia 15 de novembro.

Participaram da solenidade os ex-prefeitos, Timá e Bidaca; os médicos Dorta, Diógenes; os ex-vereadores Edneide, Valdirene, Gil Rocha e Everaldo Policarpo, além de vereadores suplentes, lideranças políticas e familiares dos empossados. Confira Álbum!

O novo prefeito de Monsenhor Hipólito ressaltou a vontade de trabalhar e elencou as áreas que irão receber maior atenção nesse início de mandato.

“É um sentimento de muita responsabilidade e de alegria. Ser gestor é enfrentar vários desafios, mas eu estou preparado para trabalhar. Já realizamos o levantamento das áreas que precisam ser melhoradas, como educação, saúde, agricultura, esporte, lazer, assistência social, enfim vamos melhorar todos os seguimentos. Minha gestão será baseada no discernimento, prudência e sabedoria”, ressaltou o prefeito.

Djalma afirmou que irá planejar para que grandes ações sejam realizadas no município, beneficiando todas as camadas sociais, pois a partir desta sexta-feira, 01, ele se torna prefeito de toda a população hipolitana.

Um dos projetos do gestor é implementar políticas públicas, que gerem emprego e renda no município, além da busca, por qualificação através de parcerias com instituições de ensino superior e técnico.

“Me sinto em um momento bom da minha vida pública, tudo no tempo de Deus. Estou preparado e vivo em um momento bom, com condições políticas favoráveis em Teresina e em Brasília, para conquistar recursos, pois um levantamento aponta que 85% dos municípios do Brasil são pequenos e não tem como sobreviver sem os projetos federias e estaduais”, explicou Policarpo.

  

 

Facebook