Picos(PI), 09 de Agosto de 2022

Matéria / Política

Piauí faz o maior evento da pré-campanha de Lula já realizado no Brasil

04/08/2022 - Jesika Mayara

Imprimir matéria
P40G-IMG-2bdc045e6fa1e92672.jpeg (Foto: Reprodução)
P40G-IMG-2bdc045e6fa1e92672.jpeg (Foto: Reprodução)

Cerca de 50 mil pessoas lotaram a Arena do Povo, na avenida Presidente Kennedy, zona Leste de Teresina, para receber a caravana “Vamos Juntos Pelo Piauí, Vamos Juntos pelo Brasil”, liderada pelo pré-candidato à presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em apoio às pré-candidaturas dos petistas Rafael Fonteles, para o governo do Estado, e Wellington Dias, para o Senado Federal, além de todos os outros pré-candidatos do Time do Povo. 

Foi o maior evento da pré-campanha de Lula já realizado no Brasil - antes, o maior tinha ocorrido no Rio de Janeiro, quando reuniu cerca de 35 mil pessoas. Segundo a Polícia Federal, o evento de Teresina reuniu cerca de 50 mil pessoas.


“Minha vinda aqui é para dizer ao povo do Estado do Piauí que aqui no Piauí eu tenho candidato e o meu candidato a governador é Rafael Fonteles. Com a eleição do Rafael, vamos fazer outra revolução no Piauí, para dar oportunidade de emprego a quem se forma e não tem oportunidade. Esse menino que está aqui, Rafael Fonteles, tem disposição, por isso, quem confia em mim e no Wellington apoiem Rafael porque ele vai cuidar do povo do Piauí. É a minha esperança e do Wellington para fazer do Piauí um Estado cada vez melhor”, afirmou o ex-presidente Lula. Ele lembrou dos tempos que fundou o PT na companhia do pai de Rafael, o ex-deputado federal, Nazareno Fonteles. 

Lula ainda ressaltou que vai voltar a fazer o povo sorrir e comer três vezes ao dia, resgatar a dignidade e melhorar a vida do povo brasileiro, tornando o Brasil novamente um país respeitado, inclusive internacionalmente. “Estou com muita disposição, quando tiverem desanimado se lembrem do Lula. Levantem a cabeça, quem não tem disposição não ganha. Esse Piauí que era considerado o Estado mais pobre do Brasil, depois de 16 anos de Wellington é um dos Estados mais extraordinários do Brasil”, enfatizou Lula. 

Rafael Fonteles lembrou que participa de campanhas eleitorais de Lula desde criança, quando o pai, Nazareno Fonteles, se candidatou a deputado federal. E ressaltou que o Piauí, mais uma vez, vai dar a maior vitória do país para Lula. “Esse é o estado mais lulista do Brasil, que tem o povo mais consciente e inteligente. Não pode ser coincidência ter sido o Piauí o estado que mais vacinou contra a covid, mas também o que está mais vacinado contra o vírus Bolsonaro. Somos exemplo de estado que reduz a pobreza, mas queremos mais. Queremos ser o estado da revolução digital, ser um celeiro de oportunidades na área da tecnologia, cada vez mais um estado referência em educação, os campeões no Ideb, o estado da energia limpa e o que mais vai gerar empregos no Brasil. E para tudo isso sabemos que poderemos contar com Lula e não iremos decepcionar o presidente. A maior votação para Lula vai ser novamente no Piauí e desta vez conseguiremos fazer desse ano de sofrimento e medo, um ano da volta da esperança e da vitória”, disse Rafael. 

Wellington Dias enfatizou os avanços no Piauí possibilitados no governo Lula e Dilma. “Luiz Inácio Lula da Silva é o homem que mais ajudou o Piauí. Aqui foi lançado o Fome Zero, porque era o estado mais pobre do país, era também o estado da lamparina, por isso a presidenta Dilma veio lançar o Luz para Todos. Era o mais atrasado na qualidade da educação. Hoje somos o estado que mais avançou no combate à pobreza no país. Tivemos a maior redução do analfabetismo do Brasil e avançamos em diversas áreas sociais e econômicas. Temos orgulho do avanço que tivemos e Lula nos ajudou muito nesse processo e, junto com Rafael Fonteles, vai ajudar muito mais o Piauí e todo o Brasil”, disse o pré-candidato a senador, Wellington Dias.

A governadora Regina Sousa (PT) pediu ao presidente maior empenho na regularização fundiária, principalmente no que se refere às terras do povo Quilombola e Indígena, além de investimentos na área da segurança alimentar, por meio da oferta de mais crédito, sobretudo para os agricultores familiares. E terminou o discurso cantando a música de Martinho da Vila, “Canta, canta, minha gente, deixa a tristeza para lá, que a vida vai melhorar”. 

Lula subiu ao palco principal por volta das 19h15, acompanhou emocionado a execução do hino nacional, pela Orquestra Sanfônica de Teresina, e do hino do Piauí, pelo Coral dos Vaqueiros de União. Em seguida o jovem Yuri, de 13 anos, leu uma carta para Lula. Ele nasceu em Guaribas, que antes do governo do presidente Lula era o município mais pobres do Brasil, por isso foi o primeiro a receber o programa Fome Zero. 

O garoto comparou como a vida era difícil antes e como melhorou depois do governo Lula. E ainda falou do sonho de ser médico. “Um dos meus sonhos é um dia poder me formar em Medicina. Sei que tenho que estudar muito para ser aprovado no Enem, etc. Graças a você, filho de pobre tem chance de entrar em uma universidade. E digo mais, o senhor está mais preparado e experiente e vai fazer um mandato muito melhor para nós de Guaribas, do Piauí e do Brasil. Lula é esperança”, afirma Yuri ao presidente Lula, que foi muito aplaudido pelo público. 

A população também fez questão de levar a sua mensagem, dar o seu recado para o ex-presidente Lula. Um dos cartazes que mais chamou a atenção foi o segurado por um homem com a frase “A gente quer comer picanha e tomar uma cervejinha no final de semana”. 

O evento ainda reuniu pré-candidatos, proporcionais e majoritários, do Time do Povo, prefeitos, vereadores e outras lideranças da capital e do interior. Caravanas de vários municípios do interior do Piauí se juntaram com as da capital. 

Muitas homenagens ao ex-presidente Lula 

Durante o evento, foram feitas muitas homenagens ao Piauí, além da carta lida pelo menino Yuri, também contou com o depoimento de uma indígena, a Luciana, também de Guaribas, que está se formando em Administração, pela Universidade Aberta. 

“Em 2017, o ex-governador Wellington Dias, lançou o curso de bacharelado em administração pela Universidade Aberta do Piauí (UAPI). Está aqui hoje é um privilégio, estou realizando um sonho de estar me formando, e estou realizando um sonho que não é só meu, mas principalmente do meu pai, de conhecer esse homem que nunca desistiu do Piauí e da educação. Sempre acreditou que filho de pobre, o filho de um agricultor, pode crescer por meio dos estudos. Sei que com Lula voltando os meus sonhos, que são muitos, serão realizados. Lula vai voltar e não demora, Lula é esperança, não só para o Piauí, mas pelo Brasil”, enfatizou. 

O ex-presidente Lula também recebeu a homenagem da sanfoneira Dona Sebastiana, de São Raimundo Nonato, que começou a estudar aos 58 anos. “Nasci na roça e só comecei a estudar aos 58 anos de idade, agradeço a Deus e ao projeto social do presidente Lula. Hoje sei ler e escrever”, disse a sanfoneira, que estava acompanhada da cantora de Campo Maior, Conceição Araújo. 

Chegada do presidente Lula ao Piauí 

O ex-presidente Lula chegou ao Piauí, por volta das 11h30 desta quarta-feira (8), vindo de Campina Grande, na Paraíba, direto para Teresina, onde foi recebido no Aeroporto de Teresina por correligionários: a governadora do Estado, Regina Sousa, o pré-candidato a governador Rafael Fonteles, o ex-governador Wellington Dias (PT), a deputada federal Rejane Dias (PT) e o presidente do PT, deputado estadual João de Deus. E ainda receberam Lula no desembarque, o pré-candidato a vice-governador, Themístocles Filho, e o senador Marcelo Castro, ambos do MDB. 

Acompanharam a comitiva do ex-presidente, a esposa Rosângela Silva, a Janja, o vice-presidente do PT nacional, Márcio Macedo (PT-SE), o Senador Randolfe Rodrigues (Rede/Amapa-AP) e o ex-coordenador e idealizador do programa Fome Zero, José Graziano da Silva.

 

Pensar Piauí

 

Facebook