Picos(PI), 26 de Maio de 2019

Matéria / Cidades

Danilo Martins recebe diploma de prefeito eleito de Wall Ferraz

Também forma diplomados o vice prefeito eleito, vereadores e suplentes

17/12/2016 - Redação

Imprimir matéria
11b65ff0a1c328cf68d40746591e.jpg Danilo recebeu o diploma das mãos dos seus pais (Foto: Junior Oliveira / Cidades em Foco)
11b65ff0a1c328cf68d40746591e.jpg Danilo recebeu o diploma das mãos dos seus pais (Foto: Junior Oliveira / Cidades em Foco)

Durante solenidade realizada na Câmara de Vereadores de Wall Ferraz a Justiça Eleitoral diplomou os candidatos eleitos no município. A cerimônia foi presidida pelo juiz eleitoral titular da 66ª zona, Clayton Rodrigues de Moura Silva.

A diplomação contou com a participação do deputado estadual Rubens Martins (PSB), funcionários da Justiça Eleitoral e familiares dos diplomados.

Reeleito prefeito de Wall Ferraz com 62,36% dos votos válidos, Danilo Martins (PSB), recebeu o diploma das mãos de seus pais e já se prepara para uma nova gestão a partir do dia 01 de janeiro. Confira álbum!

Na ocasião foram diplomados, o vice prefeito eleito José Luiz Pereira de Sousa (PSB), assim como os vereadores eleitos Edimilson Sousa Pinheiro, Sebastião Coelho Pimentel, José Ferreira de Castro, Francisco Pinheiro Leal, Manoel Pinheiro de Mesquita, Maria de Sousa Santos, Valdeso Moura da Silva, Roberto Pereira Borges e Pedro Reis de Sousa. Os suplentes Antônio Miguel de Moura, Gabriel Santos Ferreira e Alzeni da Costa Silva Sousa também receberam o diploma.

Danilo Martins, que assumirá seu primeiro mandato eletivo, afirmou que sua futura gestão pretende atender todas as áreas de serviço do município.

“É claro que como médico iremos priorizar a saúde e a educação. Esse diploma hoje se deve a juventude que incorporou a minha campanha e me fez prefeito. Muito temos a retribuir a toda a população e fazer um Wall Ferraz cada vez melhor”, disse o prefeito reeleito.

O gestor afirmou ainda, que sua gestão será baseada na austeridade e, que devido à crise financeira que o país enfrenta, haverá cortes de gastos uma vez que as expectativas para os próximos anos não são animadoras. “Enquanto não se melhorar os repasses vamos tentar enxugar a folha, reduzir os gastos, mas sempre priorizando serviços como limpeza, saúde, educação, esporte, agricultura e demais áreas”, ressaltou.

 

Fotos: Junior Oliveira/ Cidades em Foco

 

Facebook