Picos(PI), 20 de Setembro de 2020

Matéria / Cidades

Programa Identidade Jovem é lançado em São João da Canabrava

Cerca de 734 jovens poderão ter acesso ao programa

22/05/2017 - Jesika Mayara

Imprimir matéria
6d02d9979bc5289e658a988c563d.jpg Coordenador estadual da Juventude, Vicente Gomes, explicou como funciona o programa (Foto: Cássia Sousa)
6d02d9979bc5289e658a988c563d.jpg Coordenador estadual da Juventude, Vicente Gomes, explicou como funciona o programa (Foto: Cássia Sousa)

A Coordenadoria da Juventude do Estado do Piauí (Cojuv) apresentou o programa Identidade Jovem (ID Jovem) a mais dois municípios nesta sexta-feira (19): São João da Canabrava, no Vale do Guaribas, e Jacobina do Piauí, no Vale do Itaim. Em ambos os eventos estiveram presentes autoridades dos municípios, lideranças juvenis e jovens da comunidade que vieram para conhecer e tirar dúvidas sobre os principais aspectos do programa diretamente com a equipe da Cojuv.

A Caravana ID Jovem irá percorrer todos os territórios do Piauí levando capacitação aos gestores e informação aos usuários sobre o programa. Em São João da Canabrava, a estimativa é de que 734 jovens, o que representa um terço da população, seja constituída por jovens que estão aptos a acessar o programa. Ou seja, pessoas com idade entre 15 e 29 anos e que pertencem a famílias cuja renda seja de até dois salários mínimos.

“Há cerca de 30 comunidades rurais no municípios e muitos jovens de baixa renda. Por isso fizemos esse diálogo com a Cojuv para mostrar o programa para o município”, disse Elizânia Bezerra Veloso, representante da gestão municipal da Educação e da Pastoral da Juventude.

Ela explica que o acesso à Educação até o Ensino Médio é garantido a todos da comunidade, mas o acesso à Cultura ainda é dificultoso. Elizânia diz que boa parte das atividades lúdicas e culturais do municípios são organizadas pelos próprios jovens de forma voluntária e colaborativa. “Com o programa, além do acesso à cultura, há também a mobilidade: os jovens da cidade até conseguem viajar com mais facilidade, mas os da zona rural geralmente ficam por lá mesmo”, afirmou.

Para Rejane, os jovens da cidade se sentem mais valorizados com a existência do programa. “E também a percepção de que há políticas públicas voltadas para eles em específico. Isso irá possibilitar o crescimento intelectual deles. Assim como as viagens de graça pelo ID Jovem permitirão que conheçam novas realidades e culturas”, disse.

“Tanto o encontro em São João da Canabrava como o de Jacobina foram possíveis pela articulação com os gestores que participaram do Fórum de Gestores Municipais da Juventude no mês passado, realizado pela Cojuv. Esse diálogo entre Estado e Municípios é essencial para que possamos construir políticas de juventude que cheguem de fato na ponta que é o nosso público-alvo: o jovem”, disse o coordenador estadual da Juventude, Vicente Gomes.

CCOM PI

Facebook