Picos(PI), 21 de Outubro de 2018

Matéria / Política

Wilson diz estar pronto para ataques e quer adutora de Floriano a Marcolândia

Ele defendeu a sua gestão enquanto governador e voltou a dizer que não enfrentou problemas com escândalos

08/08/2018 - Jesika Mayara

Imprimir matéria
P40G-IMG-1c0e3e5e841883d2910.jpg (Foto: Catarina Malheiros)
P40G-IMG-1c0e3e5e841883d2910.jpg (Foto: Catarina Malheiros)

O ex-governador Wilson Martins (PSB) disse nesta quarta-feira (8) que está pronto para os ataques durante a campanha eleitoral deste ano.  "A gente vai envelhecendo e vai ficando com o lombo grosso. A minha história de vida está aí. Fizemos um governo sem escândalo", afirmou.

Wilson Martins defendeu a sua gestão quando ficou a frente do Palácio de Karnak e voltou a dizer que não enfrentou problemas com escândalos. "Fui governador 4 anos e não teve um escândalo. A nossa gestão foi planejada. Qualquer deslize a gente recomeçava. Você tem que ser um senador que honre o Estado e não macular o estado. Que o Piauí possa ter voz e vez. Essa é a nossa meta", disse.

Entre os projetos que vai defender, caso seja eleito, a construção de uma adutora que leve água do Rio Parnaíba para a região de Marcolândia. 

"Captar água em Floriano, passando por Nazaré, chegando até Marcolândia. De lá distribuir água para o Piauí inteiro até para o Pernambuco se precisar", declarou.

Wilson Martins falou ainda dos rumos da oposição e garantiu que as polêmicas com o prefeito Firmino Filho foram resolvidas. O tucano declarou apoio ao senador Ciro Nogueira, que disputa a reeleição pelo Progressistas.

"Não tem nada de errado nisso. Quando lançamos o Luciano já sabíamos da relação do prefeito com o Progressistas. Cada pessoa tem a liberdade de votar em quem quer e nós respeitamos isso. Não é obrigado que uma aliado vote como a gente deseje", declarou.

"Não houve insatisfação, o meio político é propício para muitas especulações e não dependem só da gente. A medida que se aproxima do pleito, os ânimos ficam acirrados e a tensão precisa ser modulada. Esses momentos são comuns. Colocamos um ponto final. Estamos começando uma caminhada e qualquer ferida aberta precisa ser tratada logo", acrescentou.

O candidato disse ainda que já visitou 150 municípios do Piauí levando o nome de Luciano Nunes. "Conversando com as pessoas e falando o que precisa ser falado. Chamando atenção para o descaminho que teve o Piauí nos últimos anos e mostrando um rumo seguro com a pré-candidatura de Luciano Nunes, um jovem com experiência na gestão pública", finalizou.

 

Cidade Verde

Facebook