Picos(PI), 17 de Novembro de 2018

Matéria / Cidades

Sussuapara promove 6ª Conferência dos Direitos da Criança e Adolescente

Este ano o tema central da Conferência foi: Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências

08/11/2018 - João Paulo

Imprimir matéria
P40G-IMG-ea41436b8c79e5d3b7.jpg Autoridades do município durante a abertura da conferência (Foto: Ascom)
P40G-IMG-ea41436b8c79e5d3b7.jpg Autoridades do município durante a abertura da conferência (Foto: Ascom)

Por João Paulo Leal – Da Redação

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Sussuapara, em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Conselho Tutelar e Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), realizou ontem, dia 07 e hoje (08), a VI Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Realizado do início ao fim no auditório da Prefeitura, a Conferência foi organizada em todas as suas fases: abertura, leitura do regimento interno, palestra magna para apresentação do tema central, trabalhos em grupo, escolha de delegados para a conferência estadual e o encerramento.

Prestigiaram a abertura do evento na noite de ontem, o prefeito de Sussuapara, Edvardo Rocha, o vice-prefeito Naerton Moura, o presidente da Câmara, vereador Francisco das Chagas Moura, a secretária de Assistência Social, Jesuíta Araújo, a secretária de Educação, Elisete Rocha, a presidente do CMDCA, Gabriela Leal, a articuladora do Selo Unicef, Laíse Campos, dentre outros.

Este ano o tema central da Conferência foi: “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências”, que no segundo dia, hoje, foi apresentado durante palestra magna da assistente social, Ângela de Maria Bezerra.

“Aqui a gente se preocupa em desenvolver um trabalho de equipe, entre prefeitura, conselhos e articulação com o Selo UNICEF, voltado para a prevenção de violências relacionadas a crianças e adolescentes e para que tenham seus direitos garantidos. Trabalhamos também para que os adolescentes assumam o protagonismo de suas vidas para que se tornem adultos responsáveis e conscientes de seus deveres sociais”, destacou Gabriela Leal, presidente do CMDCA.

“A Conferência deste ano nos proporcionou grande satisfação e esperança, pois sempre acreditamos que nossas crianças podem ter um futuro melhor”, salientou Jesuíta Araújo, primeira-dama e secretária de Assistência Social do município.

Facebook