Picos(PI), 17 de Agosto de 2019

Matéria / Política

Nerinho vai presidir a Comissão de Fiscalização e Controle da Alepi

O deputado aguarda a reforma administrativa que deve ser encaminhada pelo Governo do Estado

08/02/2019 - Redação

Imprimir matéria
P40G-IMG-bd8da6c7cea9ae484f.jpg (Foto: Gelimar Moura)
P40G-IMG-bd8da6c7cea9ae484f.jpg (Foto: Gelimar Moura)

A presidência das quatro principais comissões técnicas da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) já está definida. A reunião foi realizada nesta quinta-feira (7) e contou com a presença dos líderes das bancadas estaduais. 

Por indicação do bloco ao qual pertence o PTB, o deputado Nerinho (PTB) foi indicado para a Comissão de Fiscalização e Controle da Assembleia Legislativa do Piauí.

O deputado Wilson Brandão (PP) presidirá a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), tendo como vice o deputado Henrique Pires (MDB). Já a Comissão de Administração Pública e Política Social será presidida pelo deputado Severo Eulálio Neto (MDB). O deputado Nerinho (PTB) presidirá a Comissão de Fiscalização e Controle, Fianças e Tributação, e o deputado Georgiano Neto (PSD) comandará a Comissão de Infraestrutura e Política Econômica. 

“Os deputados se reuniram e entraram num consenso e essas quatro Comissões serão instaladas na próxima semana. As demais, nós vamos procurar um entendimento até a próxima segunda-feira para que todas as Comissões funcionem plenamente na Casa”, disse o presidente da Assembleia, deputado Themístocles Filho. 

Wilson Brandão disse que as comissões devem ser instaladas na próxima terça-feira (12) e os trabalhos iniciados. “Nós temos buscado um entendimento aqui na Casa para dar oportunidade para que todos os blocos partidários possam participar das Comissões. Então coube a minha indicação para a Comissão de Finanças que será instalada, junto com as outras três definidas, já na próxima semana. Então já vamos começar a trabalhar até porque já temos projetos apresentados pelos nossos deputados estaduais”, disse.

Já o deputado Nerinho (PTB), que foi relator da Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) e da Lei Orçamentária Anual LOA em 2018, disse que já aguarda a Reforma administrativa que deve ser encaminhada pelo Governo do Estado.

“O nosso bloco decidiu pelo nosso nome para presidir a Comissão de Finanças e, com a reforma administrativa, tudo o que for da parte orçamentária tem que voltar para a Comissão para ser discutido”, disse o deputado Nerinho.

 

Ascom

Facebook