Picos(PI), 20 de Outubro de 2019

Matéria / Espaço Ecumênico

Paróquia de São Francisco de Assis divulga a programação da 37ª festa do padroeiro

O anúncio foi feito durante coletiva de imprensa

09/09/2019 - Redação

Imprimir matéria
P40G-IMG-d0d5074f44dad7c41d.jpg (Foto: Folha Atual)
P40G-IMG-d0d5074f44dad7c41d.jpg (Foto: Folha Atual)

Com o tema: “São Francisco, irmão dos pobres, missionário do amor”.  A Paróquia de São Francisco de Assis, em Picos, realizou na manhã desta segunda-feira, 09, no salão paroquial do bairro Junco, uma coletiva de imprensa. Na ocasião aconteceu o lançamento oficial a 37ª edição da festa do padroeiro.

O festejo de São Francisco de Assis acontecerá no dia 25 de setembro à 04 de outubro, durante a cerimônia de lançamento o pároco da paróquia, Pe. Sebastião Santos, convidou toda sociedade para participar da festa.

“Eu aproveito esse momento, a fim de externar o meu convite aos devotos de São Francisco de Assis, que possam participar conosco ativamente do novenário da festa”, convidou o padre Sebastião Santos.

 “Nós escolhemos como tema inspirador para esse festejo. “São Francisco, irmão dos pobres, missionário do amor”. São Francisco, não nasceu santo, mas ele se esforçou para viver a santidade. Ele foi capaz de duas dimensões importantíssima, a fé e as obras, sendo filho de comerciante e ele se fez pobre, foi capaz de trocar com o mendigo as suas veste, ele também foi capaz de se colocar no lugar do mendigo para fazer a experiência de pobre e também foi capaz de beijar um leproso, e a partir desse momento, ele realmente abraça a sua fé, por isso ele se tornou irmão e protetor dos pobres”, comentou o padre.

O coordenador do festejo Jefferson Lima, comentou sobre a participação das comunidades e pastorais da paróquia.

“As pastorais sociais, as comunidades, as famílias e leigos, todos tornam-se compromissados com a festa de São Francisco de Assis, e todos estão preparados. Lembrando também que as vendas das camisetas e bolsas, já estão disponíveis na secretaria da paróquia e no ponto da igreja matriz. Uma paróquia só é construída e alimenta se nós cristãos católicos somar”, concluiu.

 

Texto: Pascom Junco

Fotos: Folha Atual

 

 

Facebook