Picos(PI), 09 de Julho de 2020

Matéria / Geral

Piauí recebe nos próximos dias 100 respiradores comprados na Turquia

Os equipamentos já chegaram ao Brasil e são fundamentais para ampliação de mais 100 leitos de UTIs

30/05/2020 - Redação

Imprimir matéria
P40G-IMG-d5368e9c3d6e9a1f61.jpeg (Foto: Reprodução)
P40G-IMG-d5368e9c3d6e9a1f61.jpeg (Foto: Reprodução)

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), comemora a chegada ao Brasil dos 100 respiradores fabricados por estatal turca que servirão para a ampliação dos leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) em hospitais estaduais e de referência do Piauí no combate à Covid-19. A equipe técnica da Sesapi definirá como será feita a distribuição dos equipamentos.

Os aparelhos são fundamentais para a ampliação de mais 100 leitos de UTIs. Os estados de São Paulo, Bahia e as Prefeitura de Teresina e Recife também adquiriram os aparelhos com o mesmo fabricante.

O Governo do Estado aguarda mais 60 respiradores comprados pela Sesapi, no início do ano, quando o Governo do Estado começou a tomar medidas de prevenção e ampliação da rede de saúde ao se preparar para a chegada da Covid-19 ao Piauí.

Os equipamentos sofreram uma requisição administrativa por parte do Ministério da Saúde, e somente após decisão do STF, no dia 21 de maio, foram liberados e entregues 20 respiradores, que já foram instalados nos Hospitais Natan Portela e Getúlio Vargas. O restante, 60 ventiladores, devem ser entregues nos próximos dias.

Como a ampliação dos leitos com respiradores (UTI e estabilização), o estado ganha um fôlego na luta contra o novo coronavírus. O Piauí já superou a marca de 4.500 pessoas infectadas e 146 mortes pela Covid-19.

O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, destaca o trabalho de abertura de vagas de unidade de terapia intensiva.”A gente acompanha o aumento da taxa de ocupação dia após dia. A determinação do governador Wellington Dias é a de garantir que todas as pessoas que precisem tenham acesso ao atendimento”, ressaltou o gestor.

 

CCOM PI

Facebook