Picos(PI), 09 de Julho de 2020

Matéria / Geral

Governo divulga protocolo de retorno para órgãos públicos e limitará acessos de pessoas

As regras foram estabelecidas pela Secretaria de Estado da Administração e Previdência

05/06/2020 - Redação

Imprimir matéria
P40G-IMG-1be05fa7408f71cb12.jpg (Foto: Reprodução)
P40G-IMG-1be05fa7408f71cb12.jpg (Foto: Reprodução)

O governo do Estado elaborou um protocolo para o retorno das atividades presenciais nos órgãos públicos. As secretarias terão que se adequar para oferecer segurança a servidores e público externo, evitando a disseminação do coronavírus. As regras foram estabelecidas pela Secretaria de Estado da Administração e Previdência (SeadPrev). Entre elas, as repartições terão que controlar os acessos.

Além do monitoramento do fluxo de pessoas, os órgãos deverão:

Instalar divisórias para garantir distanciamento de pelo menos de 1,5 metro entre as pessoas

Reforço da rotina de limpeza

Instalação de dispensadores de álcool nos corredores

Restrição à circulação de papéis.

 

Segundo a SeadPrev, o protocolo segue as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Diretoria de Vigilância Sanitária (Divisa) da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), para a retomada dos trabalhos presenciais nos órgãos do Executivo estadual.

“O nosso objetivo é proteger os servidores e a população que precisa de atendimento. Recebemos do governador a tarefa de criar esse documento para ajudar os gestores a tomarem as medidas preventivas, a fim de preparar os órgãos para a retomada dos trabalhos. Para manter o distanciamento, será necessário, em alguns casos, mudar a posição dos móveis, colocar divisórias, pensar na organização da entrada, de forma a evitar aglomeração. Tudo isso precisa ser feito antecipadamente”, explica o secretário de Estado da Administração e Previdência, Merlong Solano.

Ainda de acordo com a SeadPrev, não há data para a retomada dos trabalhos presenciais, mas o Governo do Estado adianta que será uma volta gradual, ainda com servidores do grupo de risco trabalhando em casa e outros em escalas de revezamento. Cada gestor poderá fazer adequações no protocolo, de acordo com a realidade do órgão e o tipo de serviço prestado.

Foto: Seadprev


“Temos a difícil missão de garantir o atendimento que a sociedade precisa e, ao mesmo tempo, impedir que os órgãos se transformem em focos da doença, uma vez que a circulação de pessoas costumava ser grande nesses locais. Por isso, o pedido que nós fazemos à população é que, na medida do possível, utilize os canais de atendimento remoto, como telefones e e-mails, e só venham caso seja realmente necessário”, destaca Merlong.

Cartilha e cartazes – A Secretaria da Administração e Previdência, com a Coordenadoria de Comunicação do Estado, criou uma cartilha virtual com orientações para que os servidores possam evitar a contaminação pelo novo coronavírus.

Outra ação desenvolvida pela equipe foi a criação de cartazes com as principais recomendações para as dependências dos órgãos, para que servidor e público estejam bem informados sobre as medidas de prevenção em relação à Covid-19.

Fonte: Cidade Verde com informações da Seadprev

Facebook