Picos(PI), 22 de Fevereiro de 2024

Matéria / Cidades

Manoel João é eleito presidente da Câmara de São Luís do Piauí

Vereador encabeçou chapa vitoriosa após compor com colegas da oposição

01/01/2023 - Redação

Imprimir matéria
P40G-IMG-6299eff63a72b81c74.jpg (Foto: João Paulo Leal)
P40G-IMG-6299eff63a72b81c74.jpg (Foto: João Paulo Leal)

 

Por João Paulo Leal - Da Redação

O vereador Manoel João de Sousa foi eleito na manhã de hoje, dia 1° de janeiro, presidente da Câmara Municipal de São Luís do Piauí. Encabeçando a chapa 1, ele foi eleito como novo dirigente da mesa diretora após uma bem sucedida composição com os colegas da oposição.

A sessão solene de eleição e posse da mesa diretora para o biênio 2023/2024, dirigida pelo então presidente Edilson Batista, foi muito prestigiada, com o plenário e imediações da avenida José Leôncio de Barros repletos de populares e lideranças locais. Apurados os votos, Manoel João obteve 5 votos e a chapa encabeçada pelo vereador Lourival Barros Rocha obteve 4 votos.

Completam os cargos da nova mesa diretora os vereadores Agostinho Raimundo da Silva, como vice-presidente; Diego Santana Leal e Edilson Batista de Sousa como 1° e 2° secretário, respectivamente.

Dentre as lideranças que marcaram presença, estavam os ex-prefeitos Deográcio Santana e Francisco João da Silva (Tim), os ex-vice-prefeitos Francisco de Assis e Edilene Barros, os empresários Josafá Marques, ex-candidato a prefeito; Ruzinaldo Barros, Zomim, Josué Oliveira (Moreno Calçados), Maicon Donato, ex-vereador Pedro Geraldo, os advogados Tiago Saunders, Ronaldo Borges e Neuman Santos, dentre outros.

Fato Lamentável
Um episódio considerado pelos presentes na sessão solene como lamentável, foi o fato dos vereadores que são guiados pela influência do ex-prefeito Renato terem se retirado do plenário logo após a proclamação do resultado. Não esperaram sequer a posse dos membros da mesa, seus colegas de parlamento. 

Vereador de vários mandatos e sempre na oposição, Agostinho Raimundo da Silva não poupou críticas à atitude dos colegas da situação. “Nesta Casa já votei em várias eleições da mesa e em muitas delas fui derrotado e em outras até votei no colega adversário por não termos qualquer chance na disputa. Porém, nunca abandonei a sessão mesmo com resultado desfavorável. Acho isso um desrespeito não só com o presidente eleito e aos demais colegas, mas a todos os que aqui vieram assistir essa eleição” – criticou.

Após a sessão, os vereadores, líderes oposicionistas e populares realizaram uma comemoração em um clube no centro da cidade.

Facebook