Picos(PI), 18 de Abril de 2024

Matéria / Polícia

Polícia recaptura dois fugitivos da penitenciária de Bom Jesus

20/02/2024 - Jesika Mayara

Imprimir matéria
P40G-IMG-0c9e4302ddc9c4ab69.jpg (Foto: Reprodução)
P40G-IMG-0c9e4302ddc9c4ab69.jpg (Foto: Reprodução)

A Secretaria de Justiça do Piauí informou que, até a noite desta segunda-feira (19), dois dos 17 fugitivos da penitenciária Dom Abel Alonso Núñez, no município de Bom Jesus (a 632 km de Teresina) foram recapturados. De acordo com o órgão, os dois fugitivos foram localizados na zona rural do município de Currais, que é vizinho a Bom Jesus.

Os dois recapturados foram identificados como Jociel da Silva e Anderson da Costa. Eles foram levados para fazer exame de corpo de delito e serão realocados na mesma penitenciária.

17 detentos fugiram na noite de domingo (18). Os presos quebraram a grade de ferro e, com o material, destruíram os cadeados. A Polícia investiga se a fuga em massa foi planejada, numa ação para reforçar a guerra do tráfico entre facções que ocorre na região. O presídio abriga mais de 180 presos, a maioria, faccionados.

A operação de recaptura dos fugitivos aconteceu durante toda a segunda-feira (19). A Polícia Civil auxiliou os trabalhos juntamente com a Polícia Militar e a Polícia Penal. O trabalho seguirá nesta terça-feira (20) na busca pelos outros foragidos.

15 permanecem foragidos

Com as duas recapturas, 15 detentos permanecem foragidos. Veja a seguir a lista dos nomes

Augusto Ivan Ferreira Abade;
Rosivaldo Florentino;
Celio Moreira da Silva;
Valter Pereira de Santana Junior;
Sabino Rodrigues de Souza Neto;
Ruan Pinheiro da Guia;
Mikael Marques da Silva;
Matheus Alves Barreto;
João Marcos Pereira;
Jacson de Sousa Laranjeira;
Willian Gama de Souza;
Givanilton Alves Rodrigues; 
Edgar Pereira dos Reis; 
Raendew da Silva Rodrigues Soares; 
Rafael do Nascimento da Silva.  

A Sejus informou que já estava prevista uma reforma para a unidade penal, que deverá reforçar a segurança. A Penitenciária de Bom Jesus tem capacidade para 76 presos, mas atualmente está com 189 detentos e enfrenta problemas estruturais.

A polícia investiga se a fuga tem relação com os homicídios registrados em Avelino Lopes, e cuja investigação aponta para uma disputa interna em uma facção criminosa que atua na região.

 

Cidade Verde

Facebook