Picos(PI), 15 de Dezembro de 2018

Matéria / Esporte

Picoense é campeão da Copa União Open de Jiu-Jitsu

Michel e sua equipe se preparam para o Mundial de Jiu-Jitsu Profissional

02/08/2018 - Jesika Mayara

Imprimir matéria
P40G-IMG-a0e21b0e06bcd91487a.jpg (Foto: Arquivo Pessoal)
P40G-IMG-a0e21b0e06bcd91487a.jpg (Foto: Arquivo Pessoal)

O picoense Michel Coutinho participou da Copa União Open de Jiu-Jitsu, realizada em São Luís do Maranhão. O atleta obteve um bom desempenho e conquistou a medalha de ouro na categoria faixa preta máster médio.

Michel e sua equipe se preparam agora para uma nova competição. O Mundial de Jiu-Jitsu Profissional acontecerá em Fortaleza nos dias 25 e 26 de agosto.

“Cerca de 12 atletas picoenses deverão participar desse evento. Nossa maior dificuldade tem sido quanto aos patrocínios. A crise tem afetado a iniciativa privada, que é quem mais nos patrocina, assim muitas empresas que nos patrocinavam não estão mais no ajudando. Há mais de quatro anos não temos apoio da prefeitura, que era quem deveria nos apoiar. Estamos na luta, economizando, fazendo rifa para participar das competições”, explicou o atleta.

Michel ressaltou ainda, que Picos é celeiro de atletas, alguns até com nível para ser campeão em qualquer lugar do Brasil e do mundo, mas a falta de apoio tem desmotivado os mesmos.

“O esporte seria uma forma de tira-los de uma condição de marginalidade e alavancar o futuro, mas a maioria dos atletas é carente. Mas a falta de apoio, principalmente do poder público que é quem tem a obrigação, tem feito com que muitos desistam”, ressaltou o picoense.

O evento

Chancelado pela Confederação Brasileira de Lutas Profissionais (CBLP), o torneio será realizada no ginásio do Centro de Formação Olímpica (CFO), na avenida Alberto Craveiro, ao lado da Arena Castelão. Com alto nível de competitividade em todas as categorias, o Mundial tradicionalmente reúne os principais nomes cearenses na luta agarrada, além contar com representantes de outros estados em disputas de GI (jiu-jitsu com quimono) e NO GI (jiu-jitsu sem quimono).

A organização espera a participação de mais de mil atletas, distribuídos nas mais diversas categorias (do pré-mirim ao sênior, com mais de 56 anos) e graduações (da faixa branca até a preta), no masculino e no feminino. Um dos grandes atrativos do Mundial são as premiações.

Premiação

Só na divisão absoluto faixa preta adulto a premiação total é de R$ 6 mil. Na faixa marrom, a premiação chega a R$ 5 mil. Na faixa roxa, R$ 4 mil. E na faixa azul, o valor de R$ 3 mil. Os campeões também ganham medalha e cinturão. Aos atletas interessados em participar, fica a dica: as inscrições seguem abertas. O edital, com a tabela de preços, está disponível no site www.lutapro.com.br. Ao público que vai assistir, uma boa notícia: a entrada é gratuita.

Facebook