Picos(PI), 21 de Outubro de 2018

Matéria / Polícia

Menino de oito anos é flagrado furtando antigo prédio de delegacia em Picos

A Civil apreendeu também outros cinco adolescentes e prendeu um maior

10/08/2018 - Jesika Mayara

Imprimir matéria
P40G-IMG-49840fac0c18a17afe9.jpg Parte do material que estava sendo levado pelo grupo (Foto: Jesika Mayara)
P40G-IMG-49840fac0c18a17afe9.jpg Parte do material que estava sendo levado pelo grupo (Foto: Jesika Mayara)

O antigo prédio da Delegacia Regional de Picos, continua sendo um problema para a sociedade. O local, que amontoa veículos e material de apreensões da Polícia Civil, agora é alvo de criminosos.

Na madrugada desta sexta-feira, 10, uma operação da Polícia Civil flagrou um grupo de pessoas realizando furtos no local.

“A operação surgiu, após recebermos informações de que o local estava sendo invadido. Fomos orientados a aumentar a fiscalização no local e na madrugada de hoje, por volta de uma e meia percebemos a presença de pessoas no prédio. Uma equipe se dirigiu até lá e realizou um cerco. Quando estavam saindo da antiga delegacia eles forma surpreendidos por nós”, explicou o chefe de plantão, Roberto Santos.

Um homem identificado como Josenilson Francisco Monteiro de Sousa foi preso em flagrante, acompanhado de cinco adolescentes e um menino de apenas oito anos de idade, estes foram apreendidos.

Os saqueadores carregavam peças de motocicletas e de carros, capacetes, coletes balísticos, armas de fogo e demais matérias oriundos de apreensões.

Ainda de acordo com o chefe de plantão, Josenilson é borracheiro e não tem passagem pela polícia e responderá por furto qualificado e corrupção de menores.

“Outas pessoas estavam no local, inclusive algumas conseguiram fugir do cerco, mas após os depoimentos dos adolescentes e do nacional que foi preso, conseguimos identificar algumas pessoas, que serão presas e pagarão pelo crime que cometeram”, disse Roberto Santos.

A Polícia Civil tem realizado fiscalizações constantes no local na busca de coibir furtos. No local existem cerca de 350 veículos entre motos e carros. O sindicato cobra a transferência dos mesmos para um pátio do Detran.

 

Facebook