Picos(PI), 17 de Agosto de 2019

Matéria / Geral

Prazo acabando: mais de 54 mil piauienses ainda n„o sacaram o PIS/PASEP

12/06/2019 - Redação

Imprimir matéria
P40G-IMG-4be31c11deb8611383.jpg (Foto: Josť Cruz / AgÍncia Brasil)
P40G-IMG-4be31c11deb8611383.jpg (Foto: Josť Cruz / AgÍncia Brasil)

Os trabalhadores e servidores públicos que tiveram emprego com carteira assinada em 2017 têm direito a receber o abono PIS/Pasep, caso a média da remuneração durante o ano não ultrapasse dois salários mínimos.

O prazo para receber o dinheiro vai até o dia 28 deste mês de junho.

Segundo a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil, 2 milhões ainda não sacaram os valores no país. São 1,959 milhão de trabalhadores da iniciativa privada e 230 mil servidores públicos que têm direito de receber, ao todo, R$ 1,4 bilhão.

No Piauí, 54.172 pessoas com direito ao benefício ainda não resgataram o recurso. O valor disponível para saque chega a R$ 34,76 milhões.

Até agora, já foram pagos 477.884 trabalhadores no Estado, o que representa 89,82% do total. Os valores já sacados somam R$ 373,90 milhões. 

O dinheiro do PIS é pago pela Caixa. Já o Pasep, destinado a funcionários públicos, é liberado pelo Banco do Brasil.

Fonte: Ministério da Economia

Valor a receber

O PIS/PASEP varia de R$ 84 (para quem trabalhou apenas um mês em 2017) até R$ 998 (para quem trabalhou durante todo o ano). Os benefícios foram liberados conforme o mês de nascimento e, agora, estão disponíveis para os nascidos em qualquer mês.

O que é preciso

Para ter direito aos valores, o trabalhador precisa:
- Estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos
- Ter trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2017
- Ter recebido, em média, até dois salários mínimos por mês

Como saber o valor do benefício na Caixa:

- Aplicativo Caixa Trabalhador
- Site www.caixa.gov.br/PIS 
- Telefone 0800- 7260207
- Nos caixas eletrônicos e agências

Como saber o valor do benefício no Banco do Brasil:

- Site www.bb.com.br 
- Telefone: 0800-7290001 
- Nos caixas eletrônicos e agências

Facebook