Picos(PI), 03 de Abril de 2020

Matéria / Política

Ciro Nogueira é favorável ao adiamento das eleições deste ano

Ele ainda defendeu a destinação dos recursos que seriam gastos no processo eleitoral para o Ministério da Saúde

23/03/2020 - Redação

Imprimir matéria
P40G-IMG-fe978caac26c27db0e.jpg Senador Ciro defende eleição só em 2022 (Foto: Gelimar Moura)
P40G-IMG-fe978caac26c27db0e.jpg Senador Ciro defende eleição só em 2022 (Foto: Gelimar Moura)

 

Por João Paulo Leal – Da Redação (Home Office)

O senador Ciro Nogueira, que também é o presidente nacional do partido Progressistas, defendeu por meio de suas redes sociais o adiamento por dois anos das eleições municipais deste ano, marcadas para o dia 04 de outubro. Durante o pleito serão escolhidos os novos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores dos 5.570 municípios brasileiros.

Ciro ainda defendeu a destinação dos recursos que seriam gastos no processo eleitoral, estimados de acordo com ele em R$ 4 bilhões, para o Ministério da Saúde. A posição do senador piauiense, também compartilhada pelos demais senadores do Estado, Marcelo Castro (MDB-PI) e Elmano Ferrer (Podemos-PI), está relacionada à pandemia do Covid 19, mais conhecido por Coronavírus.

Por conta da pandemia, declarada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o Governo Federal, estados e municípios brasileiros decretaram calamidade em saúde pública, adotando uma série de medidas de enfrentamento, contenção e prevenção ao Coronavírus.

“Sou totalmente favorável ao adiamento, por dois anos, das eleições. Acho que o partido deveria propor a doação do fundo eleitoral, que é no valor de 2 bilhões de reais, mais o custo do dia da eleição, que é de mais 2 bilhões, e já que não vai ter demanda na Justiça Eleitoral, nós reduzirmos em 50% o valor dos recursos destinados à Justiça Eleitoral, que anualmente é em torno de 8 bilhões, diminuiria para 4 bilhões. Se somar tudo, teríamos recursos no montante de 8 bilhões de reais para doarmos para a saúde do nosso país. Seria muito mais importante do que termos a eleição este ano” – escreveu o senador Ciro Nogueira.

Facebook