Picos(PI), 10 de Dezembro de 2018

Matéria / Cidades

1.500 homens do Exército atuarão para garantir segurança no Piauí

39 Zonas Eleitorais requisitaram a força federal

03/10/2018 - Jesika Mayara

Imprimir matéria
P40G-IMG-d74ffc782a7adbc3d4.jpg (Foto: Reprodução)
P40G-IMG-d74ffc782a7adbc3d4.jpg (Foto: Reprodução)

Uma reunião realizada no Tribunal Regional Eleitoral do Piauí realizada no início da semana apresentou o plano de atuação das Tropas Federais em 122 municípios piauienses durante as Eleições Gerais de 2018. O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí, Des. Sebastião Ribeiro Martins, assistiu a explanação do Comandante-Geral das tropas do Exército no Piauí e Ceará, General Cunha Mattos.

Participaram também da reunião o vice-presidente do TRE-PI, Des. Pedro de Alcântara Macêdo; os juízes: Dr.  Antônio Soares dos Santos, Dr. Astrogildo Mendes, Dr. José Wilson Ferreira, Dr. Paulo Roberto de Araújo Barros, Dr. Daniel Santos Rocha Sobral. O Procurador Eleitoral, Dr. Patrício Noé da Fonseca, e o  diretor-geral do TRE-PI, Dr. Geraldo Almeida Mota Filho.

Aproximadamente 1.500 homens de quatro batalhões do Exército atuarão para garantir a votação e apuração nas 39 Zonas Eleitorais que requisitaram a força federal. No plano, já estão inclusos os 14 municípios que ainda se encontram com os pedidos pendentes de análise do Tribunal Superior Eleitoral, para o caso de as solicitações serem aprovadas no decorrer da semana.

O General Cunha Mattos esclareceu que as tropas federais não atuarão no policiamento ostensivo, somente na coibição de crimes eleitorais através de ordem do juiz eleitoral a quem caberá o poder de polícia.

Fonte: Com informações da Ascom/TRE-PI

Facebook